PF combate abuso sexual infantil e sua divulgação pela internet

Operação XCLOUD prende um homem em flagrante

PF combate abuso sexual infantil e sua divulgação pela internet

O Grupo de Combate aos Crimes Cibernéticos da Polícia Federal deflagrou hoje a Operação XCloud para combater o abuso infantil e sua divulgação na internet. Os agentes cumpriram um mandado de busca e apreensão e um de prisão preventiva em Arujá (SP). De acordo com a PF, um homem foi preso em flagrante por produzir e armazenar arquivos contendo imagens pornográficas de crianças, inclusive envolvendo suas filhas

O nome da ação faz referência ao acusado tirar fotos da tela do computador contendo pornografia infantil e armazenar na nuvem do Google. A empresa americana, ao verificar as imagens, realizou uma denúncia para a Polícia Federal brasileira.

O investigado responderá pelos crimes de produção de arquivos de pornografia infantil e posse de arquivos de pornografia infantil, previstos no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). As penas variam de 4 a 8 anos de prisão e 1 a 4 anos de reclusão, respectivamente.