Partido de Merkel considera a legalização da maconha na Alemanha

Alemanha cogita legalizar o cultivo e distribuição da maconha

Partido de Merkel considera a legalização da maconha na Alemanha

O deputado do CDU, Marian Wendt (foto), abriu o debate sobre uma legalização controlada da cannabis na Alemanha. "Temos que reconhecer as realidades sociais", disse Wendt à rede editorial da Alemanha RND nesta sexta-feira (25/10/2019). "A maconha pode ser legalizada para uso pessoal, é claro, com cultivo e distribuição controlados. Os recursos liberados na polícia e no judiciário devem ser usados ​​para combater o tráfico ilegal". 

Atualmente, na Alemanha, a maconha e seus derivados são legais apenas para usos medicinais estritos e são prescritos principalmente para tratamentos contra a dor crônica.

Também a nova comissária de drogas Daniela Ludwig, da CSU, o partido irmão da CDU na Baviera, recentemente desmarcou a postura estrita de ambas as partes contra a maconha. Em declarações à RND, ele disse esta semana: "Nem tudo é preto ou branco, nem sobre a questão da cannabis. Tanto aqueles que continuam a defender a dura repressão quanto os que acreditam na liberação total devem perceber que não se trata de ter razão, mas responder à pergunta sobre o que é melhor no final para a saúde pública ". Já em setembro, Ludwig havia pedido o fim da "política de proibição" e um "novo começo" no debate em uma entrevista à agência dpa. 

Esse tipo de discurso e de política "social" é tudo o que a esquerda globalista quer. Um país que já tem problemas terríveis com a invasão muçulmana agora pretende tornar a população alienada de vêz. Todo mundo sabe que a maconha é o caminho para drogas mais pesadas mas isso não intimida esses "progressistas". E tem gente que usa a falácia que cogitar a liberação do uso de drogas trata-se de saúde pública.

Sorte tem os ingleses que estão lutando para sair dessa comunidade européia fadada ao fracasso.